F1: “Um dia bem complicado,” dizem os pilotos da Ferrari

O treino livre dessa sexta-feira para o Grande Prêmio da Espanha de F1, foi bem movimentado para a Ferrari, com Carlos Sainz e Charles Leclerc avaliando atualizações aerodinâmicas introduzidas antecipadamente. Sainz e Leclerc testaram diferentes configurações, resultando em um desempenho promissor em volta única, embora ainda haja necessidade de ajustes para melhorar o ritmo de classificação e corrida. Na primeira sessão, Sainz foi o terceiro mais rápido, enquanto Leclerc enfrentou uma bandeira vermelha acionada por Fernando Alonso que comprometeu seu tempo.

Na segunda sessão, ambos os pilotos utilizaram todo o pacote de atualizações, começando com pneus médios e depois mudando para macios, onde Sainz foi o segundo mais rápido e Leclerc registrou o sexto melhor tempo. No terço final, ambos simularam condições de corrida com carga de combustível pesada, completando 52 voltas no total. A equipe agora focará na análise detalhada dos dados para otimizar o carro para a classificação e corrida.

Após a segunda sessão dessa sexta-feira os dois pilotos da Ferrari falaram.

Carlos Sainz:

“Uma sexta-feira bastante complicada, como sempre aqui em Barcelona quando o sol está a pino e a pista muda bastante rápido. Nós lutamos um pouco em ambas as sessões para conseguir o equilíbrio certo no carro, mas acho que todos tiveram problemas semelhantes hoje. Então, no geral, estou razoavelmente feliz com o carro, mas temos trabalho a fazer, especialmente em termos de ritmo de corrida. O que eu realmente gostei hoje foi a atmosfera na pista. Obrigado a todos os fãs pelo apoio. Estou ansioso para fazer um bom espetáculo amanhã!”

Charles Leclerc:

“No geral, um dia complicado do meu lado. Lutamos bastante com o equilíbrio do carro, então o trabalho de configuração será nosso principal foco antes de amanhã. Rodamos um novo pacote no FP2, mas ainda temos muito trabalho a fazer, pois ainda não estou totalmente confortável.”