F1: Stella indica Verstappen, Alonso e Norris como os mais completos em carros equivalentes

O chefe da McLaren, Andrea Stella, revelou sua escolha dos três pilotos mais completos na atualidade, destacando Max Verstappen, Fernando Alonso e Lando Norris, como competidores que brigariam por vitórias em carros idênticos na Fórmula 1.

Embora Verstappen tenha dominado a temporada de 2023 com 19 vitórias em 22 GPs, a disputa pelo melhor do resto foi interessante, inicialmente liderada por Fernando Alonso, e posteriormente, por Lando Norris, que conquistou seis segundos lugares.

Stella coloca Alonso e Norris no mesmo patamar de Verstappen, caso todos estivessem pilotando o mesmo carro.

“Meus três melhores pilotos com os mesmos carros seriam Max Verstappen, Lando Norris e Fernando Alonso”, afirmou Stella.

O italiano destaca que Norris e seu novo companheiro de equipe, Oscar Piastri, compartilham qualidades com Alonso, a quem ele considera o piloto mais completo na atualidade.

“Oscar é talentoso, e me permita dizer, inteligente. Suas capacidades mentais são muito altas. Ele possui características muito interessantes. Eu diria que ele é muito calmo. Lando já é um dos melhores pilotos da grid. Ele é muito rápido, excelente em corridas e na gestão de pneus. Quando penso em Lando, acredito que, se a equipe e eu lhe fornecermos um bom carro, ele seria capaz de lutar pelo campeonato”, disse Stella.

“Quando falamos sobre ser o mais completo, eu definitivamente penso em Fernando Alonso. Basicamente, ele não tem fraquezas. Acho que isso o torna único. Ele não é o melhor em muitas coisas, mas é muito forte em todas elas”, acrescentou.

Stella não mencionou o heptacampeão Lewis Hamilton entre os três melhores, apesar do piloto da Mercedes ter encerrado a temporada como o melhor do resto em terceiro lugar, atrás apenas de Verstappen e Sergio Perez, os pilotos da dominante Red Bull.

Quanto à McLaren, Stella destacou a temporada positiva, superando os desafios iniciais e terminando em quarto no Campeonato de Construtores. “Para nós, na McLaren, foi uma temporada positiva. Exaustiva, sentimos o cansaço, mas ao mesmo tempo temos sentimentos a satisfação pelos resultados que estamos alcançando. Estamos orgulhosos do que conquistamos”, concluiu Stella.