F1: Sexta-feira de treinos desafiadora para a Red Bull na Inglaterra

O primeiro dia de treinos na Inglaterra não rendeu bons frutos para a Red Bull. A primeira sessão contou com a participação de Isack Hadjar, piloto júnior da RBR e que atualmente compete na Fórmula 2.

O piloto da Campos Racing ficou na 19ª colocação no TL1, e Max Verstappen terminou a sessão em P4. Já no TL2, com Sergio Pérez voltando para o seu posto, o mexicano terminou em P3, a frente de seu companheiro de equipe e atual campeão mundial, que ficou em 7º lugar. 

Confira o que os pilotos da Red Bull disseram depois da sexta-feira de treinos livres no circuito de Silverstone.

 

Max Verstappen

“Temos um pouco de trabalho para fazer após as primeiras duas sessões de treinos livres aqui em Silverstone. Com o pneu macio, não foi tão bom no TL2, e o pneu médio parecia melhor. Também tivemos um pequeno escorregão no TL2 indo para Chapel, então acabei abortando a volta ali. Testamos algumas coisas no carro entre o FP1 e o TL2, então teremos que analisar tudo e ver o que podemos melhorar antes da classificação. Naturalmente, acredito que o clima impactará amanhã com previsão de chuva, e toda a grade terá que levar isso em conta na estratégia.”

 

Sergio Pérez

“Foi uma sessão sólida, considerando que não estava no carro esta manhã no TL1. O carro está se sentindo bom, mas acho que precisamos encontrar algum equilíbrio, especialmente em baixa e média velocidade; o carro se sente muito bom em alta velocidade. Quando você perde uma sessão, imediatamente parece uma tarde mais movimentada, você entra diretamente em desempenho e alta carga de combustível e precisa fornecer muito feedback para a engenharia, mas Isack fez um ótimo trabalho fazendo isso pela equipe esta manhã. Acredito que o carro tem um bom potencial para este fim de semana, as condições vão variar e vamos ter que tomar decisões rápidas.”

 

Isack Hadjar

“Foi incrível pilotar no FP1 hoje. Honestamente, senti como se fosse a primeira vez no carro novamente e a frenagem e a alta velocidade no RB20 estão em outro nível. Meu último TL1 foi em Abu Dhabi e teve uma quilometragem bastante limitada, então foi incrível pilotar nesta pista icônica e rápida aqui em Silverstone. As condições estavam bastante boas e totalmente secas, esperávamos alguns pontos úmidos, mas a aderência, na verdade, foi muito boa, o que foi surpreendente. Já faz um tempo desde que estive neste carro, mas sempre é ótimo estar de volta com a equipe e conhecer os procedimentos.”