F1: Segundo boatos, Mercedes pode focar mais no motor fornecido para a Aston Martin

Um boato no mínimo curioso começou a circular no paddock da Fórmula 1. O péssimo início de temporada da Mercedes e o forte início de temporada de Fernando Alonso com a Aston Martin, teriam desencadeado uma possibilidade de que a Mercedes passasse a apostar totalmente no campeonato de sua equipe cliente.

Segundo o British Express.com, isso seria um grande ‘tapa na cara’ de Lewis Hamilton. O britânico esperava conquistar seu oitavo título este ano com a Mercedes, mas a equipe vem decepcionando bastante desde o ano passado, e também não teve um bom começo em 2023. Não só os resultados foram decepcionantes, como parece haver muita insatisfação interna sobre o carro e muita inquietação na organização.

O fato da equipe cliente Aston Martin, com Alonso ao volante, ter tido uma ótima pré-temporada, além de ter terminado no pódio (P3) na primeira corrida do ano, teria dado origem a alguns pensamentos estranhos na Mercedes. Pelo menos, é o que diz o Express: “Diz-se que os chefes da Mercedes estão dispostos a prestar mais atenção em dar a Alonso o motor mais rápido, se seu próprio carro não apresentar desempenho nas próximas duas corridas, que acontecem na Arábia Saudita e na Austrália”, informou.

Isso significaria que se, após o GP da Austrália, as situações entre as equipes ainda forem as mesmas de agora, a Mercedes estaria disposta a dedicar mais tempo ao motor de seu cliente do que no da sua própria equipe, na esperança de que pelo menos o motor Mercedes ainda fosse campeão.

Na verdade esses boatos não parecem ser muito verdadeiros, porém começaram a circular hoje, principalmente na Europa. Não parece nada provável, para não dizer quase impossível, que a Mercedes passe a focar em outra equipe em detrimento do seu próprio time.