F1: Schumacher e Haug criticam Mercedes: “W15 decepcionante explica saída de Hamilton”

A performance da Mercedes nos testes de pré-temporada da Fórmula 1, não agradou a alguns ex-pilotos e dirigentes. Ralf Schumacher, atual comentarista da Sky Sports, se mostrou decepcionado com o W15 e prevê mais um ano difícil para a equipe.

“Estou um pouco decepcionado com a Mercedes depois dos testes no Bahrein. Tenho um pressentimento que vai ser como no ano passado”, afirmou Schumacher. “Isso também confirmaria por que Lewis Hamilton perdeu a confiança na equipe e aceitou o convite da Ferrari. E era realmente esperado que a Red Bull se saísse bem. Eles são a equipe do momento.”

Norbert Haug, ex-chefe da Mercedes Motorsport, também reforçou a crítica. “Na época de (Sebasian) Vettel na Red Bull, eles dominaram por muitos anos. Depois veio a década de domínio da Mercedes. Agora, temos a Red Bull dominando novamente. E pelo que vi nos testes, isso não vai mudar tão cedo”, concluiu.

As declarações de Schumacher e Haug mostram preocupação com a situação da Mercedes, e indicam que a equipe precisa reagir para evitar outra temporada sem vitórias ou disputa por títulos. A saída de Hamilton para a Ferrari a partir de 2025, vista por alguns como um voto de descrença no W15, ganha força com mais essas críticas.