F1: Sauber vai alternar nomes Stake e Kick em alguns GPs nas duas próximas temporadas

A Sauber, dona da equipe do mesmo nome na Fórmula 1, surpreendeu com uma estratégia que vai deixar os fãs confusos nos próximos dois anos. O time suíço anunciou que alternará entre dois nomes ao longo das temporadas de 2024 e 2025: Stake F1 Team e Kick F1 Team.

Essa manobra se deve a questões de marketing, e principalmente, restrições de alguns países em relação ao patrocinador principal, a plataforma de apostas Stake. Em nações como Austrália, Espanha, Bélgica e Catar, a publicidade de jogos de azar é proibida, o que vai obrigar a Sauber a ‘se disfarçar’ em determinados GPs.

Ainda como Alfa Romeo em 2023, a equipe já havia optado pela ausência do logo da Stake nesses mesmos países. A solução para 2024 e 2025 será recorrer ao Kick, uma plataforma de streaming subsidiária da Stake, focada em eSports. Em circuitos sem restrições, no entanto, o time exibirá o nome Stake F1 Team.

Para evitar confusão entre os fãs, vale lembrar que essa situação é temporária. A partir de 2026, com a chegada da Audi como parceira majoritária, a equipe terá finalmente um nome único e definitivo: Audi F1 Team.

O carro da equipe para a temporada 2024, será oficialmente apresentado em Londres no dia 05 de fevereiro, marcando a primeira vez que a equipe faz seu lançamento no Reino Unido. Os pilotos continuam os mesmos: Valtteri Bottas e Zhou Guanyu, que juntos em 2023 somaram 16 pontos e levaram a antiga Alfa Romeo apenas ao nono lugar no campeonato de construtores.

A estratégia de ‘camuflagem’ da Sauber em relação ao próprio nome, pode gerar estranhamento, mas é uma forma criativa de se adaptar às limitações impostas pelas regras de diferentes países.