F1: Sauber não terá mais hino suíço em caso de vitória a partir de 2026

Torcedores suíços da Sauber na Fórmula 1 terão que se acostumar com uma nova realidade a partir de 2026, a possível ausência do hino nacional em caso de vitória da equipe.

Isso porque a Sauber, de origem Suíça, está em processo de aquisição total pela Audi a partir de 2026, que por sua vez definiu a bandeira alemã como símbolo da equipe na categoria. Logo, o hino da Alemanha seria tocado nas vitórias do time, e não o da Suíça, como ocorre atualmente.

Essa mudança valerá oficialmente a partir de 2026, quando a Sauber se tornará a equipe de fábrica da Audi.

A Sauber, fundada em 1993 pelo suíço Peter Sauber, tem sede em Hinwil, na Suíça. É válido lembrar que a equipe só conquistou uma vitória na F1, em 2008, com o polonês Robert Kubica no GP do Canadá. Na época, a Sauber competia como BMW Sauber, mas manteve a bandeira suíça.

Já a futura equipe Audi F1, terá operações divididas entre Hinwil, na Suíça, e Neuburg, na Alemanha.