F1: Sainz garante não ter mágoas com Hamilton

Apesar de perder a vaga na Ferrari para Lewis Hamilton a partir da temporada 2025 da Fórmula 1, Carlos Sainz garantiu não ter ressentimentos com o heptacampeão. Sainz diz entender a decisão de Hamilton, a classificando como ‘óbvia’.

O anúncio da ida de Hamilton para a Ferrari encerrou a longa parceria do piloto com a Mercedes e o colocará ao lado de Charles Leclerc, que renovou seu contrato com a Scuderia na semana anterior. Sem sua vaga na equipe italiana, Sainz irá buscar um novo time para a próxima temporada, sendo cogitado em equipes como a futura Audi, atualmente conhecida como Stake, além da própria Mercedes.

“Bem, do meu lado, obviamente, não há mágoas com ninguém, é assim que o esporte funciona”, declarou Sainz à imprensa. “Tenho muito respeito por Lewis, pelo sucesso que ele teve e pela escolha de se juntar à Ferrari. Eu teria feito o mesmo na posição dele.”

Sainz destacou o peso da tradição da Ferrari na decisão de Hamilton. “Acho que a Ferrari é uma grande equipe, e em algum momento da sua carreira, não sei em qual fase ele está agora, só ele sabe, mas com certeza é uma equipe da qual você gostaria de fazer parte.”

“Lewis também tem um bom relacionamento e confiança com Fred (Vasseur, chefe da Scuderia). Ir para a Ferrari foi uma decisão natural. Do meu lado, como eu disse, não há mágoas, e estou focado no meu futuro e para onde vou seguir. Enquanto isso, continuarei dando o meu melhor por esta equipe”, finalizou o piloto espanhol.