F1: Sainz fala sobre seu futuro na Fórmula 1: “Uma decisão que envolve os próximos anos da minha vida”

Carlos Sainz ainda não tem uma equipe para qual pilotar em 2025. Seu nome tem sido ligado a várias equipes do grid, mas nenhuma decisão foi tomada, e o piloto espanhol comentou sobre o seu futuro incerto.

“Decidi não falar sobre meu futuro, até tomar a decisão”, declarou Sainz.

“Vou mentir: de segunda a quinta-feira, antes de chegar à pista, há muitas ligações telefônicas, muito tempo gasto ao telefone, reuniões com minha equipe de gerenciamento, mas também com as equipes com as quais estou conversando. Tentando entender e ter uma visão completa da situação”, explicou.

“Provavelmente é bastante estressante e consome tempo, em vez de poder se desconectar e recarregar completamente. Sua mente está em outro lugar, pensando sobre o que será o futuro. Não é uma situação ideal ao mesmo tempo, quando chego na quinta-feira, sinto que sou capaz de performar assim que entro em uma reunião de engenharia. Assim que coloco o capacete, sinto-me 100% no carro”.

A mudança de equipe é um momento decisivo na vida de um piloto. Afinal, todos querem estar nas melhores condições possíveis para ganhar. O espanhol explicou que essa é uma escolha que leva tempo. 

“Há um pouco de adivinhação, um pouco de sorte, tentando se educar sobre o que está acontecendo na Fórmula 1. O que pensei é, não julgue a mudança a curto prazo ou nas próximas corridas ou no próximo ano. Acho que você sempre precisa ver e criticar ou analisar a mudança de um piloto com perspectiva no tempo. Foi essa a decisão certa para Carlos em cinco anos ou não? É por isso que vou levar todo o tempo possível que eu puder para tomar uma decisão tão importante porque envolve o resultado dos próximos anos da minha vida. Então acho que é válido para mim dar a mim mesmo o tempo,” concluiu Sainz.