F1: Sainz acredita que Ferrari se aproximou da Red Bull

Carlos Sainz acredita que a Ferrari está mais perto do que o esperado da Red Bull no final de semana do GP do Japão de Fórmula 1, mas admite que será difícil superar a atual equipe campeã.

A Ferrari se colocou como a principal rival da Red Bull no início da temporada 2024, com Sainz vencendo na Austrália. No entanto, o circuito de alta velocidade de Suzuka, onde Max Verstappen conquistou a vitória com uma vantagem de 19 segundos na temporada passada, já era esperado que fosse favorável para o RB20 da Red Bull.

Mesmo com Verstappen liderando a dobradinha da Red Bull no TL1, Sainz terminou em terceiro, apenas dois décimos atrás do líder.

“No TL1, estivemos talvez mais perto da Red Bull do que eu havia previsto ou esperado, então são sinais positivos em termos de progresso feito nos últimos cinco meses”, disse Sainz.

“Ainda assim, no TL1 você não sabe quais cargas de combustível e modos de motor eles estão usando, mas no ano passado estávamos a 0.8s na classificação e agora estar a apenas 0.2s atrás é uma boa sensação. É uma boa base para começar, mas será difícil superá-los neste fim de semana”, acrescentou.

Sainz prevê que a Ferrari estará em uma disputa acirrada ao longo do final de semana com a McLaren, que liderou o TL2 prejudicado pela chuva com Oscar Piastri, e a Mercedes.

“Você acha que a Ferrari estará na briga?”, perguntaram a Sainz. “Sim, parece estar apertado com a McLaren e a Mercedes, com a Red Bull um pouco à frente”, respondeu. “Mas talvez um passo menor à frente do que eu pensava, então deve ser uma luta interessante”, concluiu o espanhol.