F1: Russell disse que mensagem de Wolff quase causou acidente

George Russell venceu o GP da Áustria de Fórmula 1 se aproveitando do acidente entre Lando Norris e Max Verstappen. No entanto, a corrida do britânico quase terminou de forma bem diferente por conta de uma mensagem de rádio de Toto Wolff, chefe da Mercedes.

Em um momento importante da prova, Wolff falou pelo rádio: “Você pode vencer isso, George!”. A adrenalina alta do momento fez com que Russell interpretasse a mensagem como uma interferência indesejada e respondeu irritado: “Me deixe pilotar, porra!”.

Wolff reconheceu o erro e classificou a própria mensagem como a atitude mais idiota que já tomou como chefe de equipe. Agora, Russell revelou que a mensagem de Wolff quase lhe custou caro.

“Ele simplesmente gritou no meu ouvido. Deveria ser o momento mais constrangedor da carreira dele. Quase bati por causa disso”, disse Russell à Sky Sports, antes de amenizar o tom e ressaltar os aspectos positivos. “Isso só mostra a paixão que temos como equipe. Nos esforçamos muito ultimamente. O pessoal da fábrica está trabalhando horas extras. Às vezes parece que não seremos recompensados, mas hoje conseguimos”, concluiu Russell.