F1: Ricciardo diz que sonho com Red Bull continua, mesmo com renovação de Perez

Daniel Ricciardo segue sonhando em encerrar a carreira na Red Bull Racing, mesmo após a renovação do contrato de Sergio Perez até o final de 2026. O australiano nunca escondeu seu desejo de retornar à equipe onde conquistou sete de suas oito vitórias na Fórmula 1, entre 2014 e 2018.

Apesar do interesse, Ricciardo vem enfrentando dificuldades para reeditar seu antigo desempenho. A irregularidade nas corridas com a RB em 2024, acabou com as chances de substituir Perez a curto prazo.

Para piorar a situação, a RB anunciou a renovação com Yuki Tsunoda para a temporada 2025, o que cria uma potencial disputa entre Ricciardo e Liam Lawson, piloto reserva da equipe, pela segunda vaga na próxima temporada.

Ricciardo reconhece que seus resultados não justificam um retorno imediato à Red Bull Racing, mesmo após o quarto lugar conquistado na corrida Sprint em Miami.

“Não acho que a renovação de Perez signifique que minhas chances acabaram”, afirmou o australiano. “Eu vejo de forma realista. Quero que minha temporada vá melhor para me ajudar em qualquer oportunidade assim.”

Apesar de completar 35 anos no próximo mês, Ricciardo acredita que a permanência de Perez não encerra seus sonhos de voltar à Red Bull Racing. “Ainda acredito que consigo mudar as coisas e me dar bem daqui para frente”, disse Ricciardo. “E obviamente, se eu estiver aqui no ano que vem, também ficarei feliz.”

O foco atual de Ricciardo é garantir a permanência na RB em 2025. “É onde minha cabeça já estava, porque sei que Miami foi bom, mas não fiz o suficiente para me destacar. Só estou tentando fazer isso mais vezes. Para ser sincero, a mentalidade não mudou. Ainda é um objetivo de longo prazo encerrar minha carreira lá, mas obviamente agora a curto prazo isso não vai acontecer”, acrescentou.

Ricciardo nega que sua velocidade tenha diminuído, mas admite a necessidade de trabalhar na consistência. “Mais acelerador, menos freios. Sei que ainda tenho velocidade, não é nisso que estou pensando. É preciso ter consistência, e é nisso que tenho trabalhado ultimamente. Desde Mônaco, analisei minhas ações e estou tentando melhorar”, completou o piloto australiano.