F1: Renovação de contrato de Sainz com a Ferrari estaria travada

Faltando pouco tempo para o início da nova temporada da Fórmula 1, algumas negociações contratuais estão ocorrendo no paddock da categoria. Mas para Carlos Sainz, a tranquilidade do foco total nos treinos ainda está distante. O espanhol segue sem um novo contrato assinado com a Ferrari, e as conversas entre piloto e equipe não parecem chegar a um acordo definitivo.

De acordo com o Formu1a.uno, o principal ponto de discórdia está no tempo de duração do vínculo. Sainz deseja um contrato pluri-anual, dando estabilidade a longo prazo, enquanto a Ferrari se inclina por uma renovação de apenas um ano. O contrato atual do espanhol se encerra ao final de 2024.

Enquanto Sainz segue negociando, seu companheiro de equipe, Charles Leclerc, tem menos preocupações. O monegasco está avançado em um acordo que o manteria na Ferrari até pelo menos 2028. Essa disparidade nas negociações levanta dúvidas sobre a hierarquia interna da equipe, apesar do chefe Frederic Vasseur ter negado publicamente a existência de um piloto ‘número 1’.

Para Sainz, a expectativa inicial era de que o contrato estivesse resolvido antes do início da temporada 2024. Faltando praticamente apenas um mês para os testes de pré-temporada, esse cenário parece cada vez menos provável. A negociação promete movimentar os bastidores da Ferrari nas próximas semanas, e dependendo do desfecho, pode impactar significativamente o clima da equipe durante o ano.