F1: Red Bull pagará mais de R$ 13 milhões como taxa de inscrição para 2024

As mudanças recentes no Regulamento Esportivo da F1 para 2024, anunciadas pela FIA, destacam como o valor da taxa de inscrição está se tornando um desafio financeiro para as equipes. Diferente de ser uma taxa fixa, o valor varia conforme o sucesso de cada equipe no campeonato, o que torna a situação especialmente complicada para equipes de sucesso como a Red Bull.

Em 2023, a taxa base para todas as equipes era de US$ 617,687, o que em reais fica aproximadamente R$ 3.088.435. Além disso, cada ponto conquistado durante a temporada acrescenta um custo adicional. A equipe campeã pagou US$ 7,411 por ponto, cerca de R$ 37.055, enquanto as outras equipes pagaram US$ 6,174 por ponto, aproximadamente R$ 30.870. Isso fez com que a Red Bull, com a maior taxa em 2023, desembolsasse aproximadamente R$ 31.213.180.

Para 2024, a FIA ajustou os valores com base no Índice de Preços ao Consumidor dos EUA. A taxa base subiu 6,5%, chegando a US$ 657,837, ou aproximadamente R$ 3.289.185. O preço por ponto para a equipe campeã foi ajustado para US$ 7,893, cerca de R$ 39.465, e para as outras equipes, será de US$ 6,575 por ponto, aproximadamente R$ 32.875.

Essas mudanças têm grande impacto para a Red Bull. Com quatro corridas ainda por acontecer nesta temporada, a equipe já acumula uma conta para 2024 de aproximadamente R$ 31.151.475. Com apenas mais dois pontos conquistados no GP do México, a Red Bull superaria o valor gasto em 2023.

A Red Bull está em uma situação bastante singular, com uma taxa mais que o dobro da segunda equipe mais cara, a Mercedes, que tem uma conta corrente de cerca de R$ 14.598.185 baseada em sua atual pontuação. A Ferrari vem logo atrás, com uma conta atual de aproximadamente R$ 13.874.935.

No outro extremo, a AlphaTauri, a equipe com a menor pontuação até agora, deverá pagar cerca de R$ 3.617.935, reduzindo a média geral das taxas de inscrição e favorecendo a Red Bull.

Todas as equipes têm até 10 de dezembro de 2023 para efetuar o pagamento completo de suas taxas de inscrição. Os números finais serão conhecidos após o encerramento da temporada, no GP de Abu Dhabi. Vale notar que as corridas Sprint, novidade recente, podem ter impactado na pontuação das equipes e, consequentemente, nas taxas de inscrição.