F1: Red Bull fez teste “secreto” com Verstappen em Ímola

A Red Bull Racing surpreendeu o paddock da Fórmula 1 ao realizar um teste ‘secreto’ em Ímola na última quarta-feira, de acordo com o jornal holandês De Telegraaf. O piloto Max Verstappen participou do teste pilotando o RB18, carro utilizado pela equipe na temporada de 2022.

O objetivo da Red Bull seria mapear as diferenças entre o RB18 e o RB20, carro atual da equipe. Como o RB20 só pode ser utilizado em dias de filmagens promocionais e fora dos finais de semana de corrida, a equipe recorreu ao modelo de 2022 para fazer uma comparação direta.

A iniciativa chama a atenção pois a Red Bull vem enfrentando dificuldades desde o GP da Emília-Romanha, onde venceu com Verstappen em uma disputa acirrada contra Lando Norris da McLaren. Nas provas seguintes, em Mônaco e Montreal, a equipe enfrentou mais problemas, embora tenha conseguido vencer em Montreal, novamente com Verstappen, que precisou se esforçar para superar Norris e George Russell da Mercedes.

Depois de um início de temporada dominante, lembrando o ano de 2023, a Red Bull mostrou fragilidades no RB20 nas últimas três corridas, além do GP de Miami, onde Norris conquistou sua primeira vitória na F1. O principal problema do carro parece ser o desempenho em pistas onduladas e com zebras altas, elementos presentes em Ímola, Mônaco e Montreal.

O RB18, utilizado no teste ‘secreto’, aparentemente não apresentava essas limitações. O RB20 deve permanecer sem grandes modificações para o GP da Espanha, recebendo apenas ajustes pontuais. Um pacote de atualizações mais significativo, porém, é esperado para o próximo mês.

A Red Bull tem a expectativa de um melhor desempenho no Circuito de Barcelona-Catalunha. Com traçado mais convencional e curvas de diferentes tipos, a performance aerodinâmica deve ser mais importante do que a habilidade de superar irregularidades na pista, o que favorece o RB20.