F1: Red Bull executa paradas duplas perfeitas e domina nos boxes do GP da China

A Red Bull Racing reafirmou sua supremacia na Fórmula 1 com uma demonstração impressionante de eficiência durante as paradas de boxes de Max Verstappen e Sergio Perez no Grande Prêmio da China. Dominando a corrida desde o início, a equipe austríaca mostrou que sua excelência não se restringe apenas à pista, mas se estende também aos pit stops.

Verstappen, que liderava confortavelmente com uma vantagem de dez segundos para seu companheiro de equipe, foi chamado para os boxes sem urgência. A equipe, confiante na liderança estabelecida, optou por trazer Perez para o pit stop na mesma volta, numa manobra conhecida como ‘double-stack’, que muitas vezes pode representar um risco devido à complexidade e necessidade de sincronia perfeita.

No entanto, para a Red Bull, a execução foi nada menos que perfeita. O pit stop de Verstappen foi concluído em impressionantes 2,1 segundos, e o de Perez foi ainda mais rápido, marcando 2,0 segundos. Essa performance não apenas evidencia a capacidade técnica e a precisão da equipe nos boxes, mas também reforça a vantagem estratégica que pode ser crucial em corridas tão competitivas.

Esta não é a primeira vez que a Red Bull demonstra tal domínio nos pit stops, mas o sucesso no GP da China serve como um lembrete do porquê a equipe continua a ser uma força a ser reconhecida no campeonato. Com esta demonstração de habilidade e eficiência, a Red Bull não só maximizou as chances de uma vitória confortável, como também enviou uma mensagem clara para seus rivais sobre a coesão e força de sua equipe operacional.