F1: “Red Bull ainda é a referência”, afirmou Wolff

Toto Wolff, chefe da Mercedes, analisou a disputa no campeonato de construtores após o GP do Canadá de Fórmula 1. Apesar do bom desempenho de sua equipe, que conquistou a pole position e oa terceira posição em Montreal, com George Russell, além do P4 de Lewis Hamilton, Wolff reconhece a força dos adversários.

“Talvez Barcelona seja interessante”, disse Wolff à Sky Sports. “Não sei se eles (Red Bull, Ferrari e McLaren) estão fortes lá. A Áustria sempre foi território deles. A McLaren estava mais forte no ano passado, então a pista nunca foi boa para nós”, afirmou o dirigente austríaco.

Wolff vê uma grande competitividade na categoria no momento. “Não podemos descartar Max (Verstappen) e a Red Bull, eles ainda são a referência. Mas a McLaren também evoluiu muito e não podemos esquecer da Ferrari. Eles não estiveram bem hoje (domingo), mas há duas semanas eram o topo. São quatro equipes na briga”, concluiu.