F1: Piastri exalta rápida reviravolta da McLaren em 2023

Oscar Piastri fez um balanço da temporada 2023 da McLaren na F1. O australiano explicou como a equipe inglesa manteve o espírito em alta mesmo após um início de campeonato bastante complicado.

Até o GP da Áustria, nona etapa do calendário, Lando Norris e seu companheiro conseguiram pontuar apenas em seis provas. Ainda, no Bahrein, Arábia Saudita, Miami e Canadá, ambos ficaram fora do top-10, zerando.

Entretanto, após a esquadra britânica introduzir atualizações no meio do campeonato, o cenário começou a mudar e o time se aproximou mais da ponta do pelotão. Até o encerramento de 2023, foram nove pódios, sendo dois deles duplos, além da vitória de Piastri na corrida Sprint no Catar.

Com isso, a Mclaren encerrou o Mundial de Construtores na quarta colocação, atrás apenas da Red Bull, Mercedes e Ferrari. Portanto, fazendo uma avaliação, Oscar explicou como a equipe conseguiu dar a volta por cima.

“Tenho total confiança em Andrea [Stella, chefe da equipe], Zak [Brown, CEO], em diferentes partes do negócio. Extrapolou as expectativas de todos em quão rápido fomos capazes de reverter as coisas”, contou ao Autosport.

“Para mim, a coisa impressionante é que senti que havia uma boa base com a equipe nas corridas. E então, quando precisamos fazer as mudanças, fizemos e funcionou. A atualização foi capaz de entregar tudo o que queríamos, em alguns casos, mais do que esperávamos em algumas situações”, pontuou.

“Não esperava estar nessa posição tão cedo em minha passagem pela McLaren. Os números foram os que esperávamos, mas não esperávamos que isso nos elevasse tanto. Algo que tentamos manter em perspectiva no início foi: ‘Sim, estamos lentos e perto do final do grid. Mas na verdade não vai demorar muito para chegar à frente’”, completou.