F1: Perez critica o RB20 após eliminação precoce no Canadá

Sergio Perez não escondeu a frustração após sua desastrosa sessão de classificação para o GP do Canadá de Fórmula 1. O mexicano, que renovou seu contrato com a Red Bull por mais duas temporadas nesta semana, sequer saiu do Q1 e terminou apenas na 16ª colocação.

Apesar da injeção de ânimo que poderia ter sido a renovação contratual, Perez não conseguiu encontrar ritmo com o RB20 e amargou uma eliminação precoce. “Acho que foi mais culpa dos pneus e do carro do que das zebras”, disse Perez, descartando erros de pilotagem como causa de seu desempenho ruim.

Questionado sobre os problemas específicos com o carro, Perez apontou a falta de aderência na traseira como principal responsável por sua eliminação. “O principal problema foi a dificuldade para fazer o eixo traseiro funcionar corretamente. Acabei pagando caro por isso, porque basicamente não tinha aderência nenhuma. Estava deslizando demais e foi um desastre total”, disse ele.

Agora Perez terá uma missão complicada pela frente, tentar escalar o grid e buscar um lugar no pódio na corrida desse domingo. “Foi um desastre total, mas vamos ver o que acontece na corrida. Vamos ver como fica o clima e o que podemos fazer com a estratégia”, finalizou o mexicano.

Enquanto isso, seu companheiro de equipe, Max Verstappen, largará em segundo lugar, atrás de George Russell da Mercedes.