F1: Perez continua ameaçado na Red Bull, mesmo com contrato renovado

Sergio Perez ligou o sinal de alerta novamente após o GP da Inglaterra de Fórmula 1. O mexicano não conseguiu se classificar entre os dez primeiros pela quinta vez na temporada e mais uma vez não pontuou, diferentemente do companheiro de equipe Max Verstappen, que conquistou o segundo lugar e ampliou sua liderança no campeonato de pilotos. Diante disso, nomes como Liam Lawson, Yuki Tsunoda e até mesmo Daniel Ricciardo, que não vem tendo um bom desempenho na RB, já são cotados como possíveis substitutos de Perez.

Desde a renovação de contrato de Perez no início de junho, pouca coisa deu certo para o piloto de 34 anos. Nas primeiras quatro corridas da temporada 2024, ele ainda cumpriu seu papel como segundo piloto de Verstappen, terminando sempre em segundo atrás do holandês. No entanto, a concorrência se tornou mais acirrada e ele caiu para a sexta posição na classificação.

O baixo desempenho de Perez e o histórico da Red Bull de substituir pilotos como Daniil Kvyat, Pierre Gasly, Alexander Albon e Nyck de Vries, geram muitas especulações sobre uma possível troca. Após a corrida de Silverstone, o chefe de equipe da Red Bull, Christian Horner, falou sobre o assunto.

Perez está na berlinda. Com o piloto reserva da Red Bull, Liam Lawson, e o bom desempenho de Yuki Tsunoda na RB, a equipe tem potenciais substitutos para o lugar de Perez, imediatamente à disposição, caso necessário. Lawson, que estreou de forma espetacular pela então AlphaTauri (atual RB) no ano passado substituindo Ricciardo (lesionado) em cinco GPs, fará um teste com a Red Bull em Silverstone. Porém, de acordo com Horner, isso não tem relação com o momento ruim de Perez, já que esse teste já estaria planejado há meses, segundo o chefe da equipe.

Tsunoda vem realizando sua melhor temporada na Fórmula 1. Na maioria das corridas, o japonês tem sido mais rápido que o companheiro de equipe Ricciardo e já soma 20 pontos. Horner também reconheceu o bom momento de Tsunoda.

“Acho que ele está indo bem. Ele pontuou novamente no domingo. Acredito que se beneficia por ter Daniel ao lado. Ele aprende com ele e abertamente, admite isso. A experiência de Ricciardo em lidar com a equipe e engenheiros é valiosa. Yuki não é mais um novato. Ele tem bastante experiência agora e sabe usá-la bem, mesmo em condições difíceis como as de domingo. Eu achei que ele fez uma ótima corrida”, concluiu Horner.