F1: Ocon confirma conversas com a Mercedes

Com seu contrato com a Alpine se encerrando no fim deste ano, Esteban Ocon analisa seu futuro na Fórmula 1. O piloto francês não descarta um retorno à Mercedes, equipe que cuida de sua carreira desde 2015.

“Ainda sou piloto júnior da Mercedes. Meu empresário é Toto Wolff, e ele segue procurando um substituto para Lewis Hamilton”, disse Ocon à imprensa antes da corrida em Ímola. “Estamos conversando bastante com a Gwen (Steuri, chefe de gestão de pilotos da Mercedes) e com o Toto também. Vamos decidir o que é melhor para o meu futuro.”

Ocon busca garantir sua vaga o quanto antes: “Muita coisa está acontecendo, tanto para um contrato de longo prazo quanto para o curto prazo. Na Fórmula 1, as coisas mudam rapidamente, mas o importante é estar garantido o mais cedo possível. Esse é sempre um objetivo claro para mim”, acrescentou.

Ele continuou: “Não quero ter que ficar de fora novamente, como no fim de 2018 (quando foi dispensado pela então Racing Point, atual Aston Martin). Não é uma boa lembrança, e não aconteceu por motivos de performance. Acho que estou fazendo um bom trabalho esse ano e nos anos que estou na F1. Portanto, mereço ter uma vaga”, afirmou Ocon.

O francês ressalta que conversar com outras equipes é normal: “Não tenho problemas, e até acho que faz sentido, conversar com outras equipes para 2025, além da Alpine. Vamos ver. No momento, estou totalmente focado na Alpine, dedicado a esse projeto há anos, isso é bem claro. Mas na Fórmula 1, ficar sem contrato é um lado obscuro que eu nunca gostei. Então, quanto antes isso for resolvido, melhor”, finalizou.

O F1MANIA.NET acompanha ‘in loco’ todas as atividades do GP da Emília-Romanha, diretamente de Ímola, com o jornalista Rodrigo França.