F1: Norris reconhece falta de ritmo, mas comemora pódio nos EUA: “Melhor do que esperávamos”

Lando Norris liderou a parte inicial do GP dos Estados Unidos de F1 deste domingo (22). Entretanto, sem ritmo para conseguir segurar Max Verstappen e Lewis Hamilton, o titular da McLaren teve de se contentar com a terceira colocação final. Entretanto, uma desclassificação ao titular da Mercedes horas após a bandeirada o promoveu para a segunda posição.

A largada do britânico foi muito boa, conseguindo saltar para a primeira colocação do pelotão. Então, durante o primeiro stint, conseguiu controlar o ritmo para tentar buscar sua primeira vitória na categoria.

Apesar de após duas paradas não conseguir deixar os adversários para trás, o competidor não se mostrou totalmente decepcionado. “Lidderando a corrida, controlei muito, mas não o suficiente hoje. Mas estou feliz, foi uma boa corrida do meu lado”, contou em entrevista a Jenson Button.

“Sabíamos nossas fraquezas, sabíamos que seria difícil hoje, foi apenas a degradação dos pneus. O ritmo terminava nas primeiras voltas de todos os stints”, continuou.

“Apenas tentei, mas não consegui. Não tinha pneus suficientes no final, você viu o quão rápido ele arrancou no final. Também tive que cuidar da minha própria corrida. Talvez se fosse era uma pista mais fresca, teria nos servido um pouco mais, mas não foi. Ainda estou feliz. A equipe fez um excelente trabalho. Terminar no pódio aqui foi melhor do que esperávamos no fim de semana”, concluiu.