F1: Norris diz ter tomado melhor decisão na largada em Barcelona

Lando Norris fez o balanço de sua largada não tão boa no GP da Espanha da F1. O piloto apontou que a saída inicial foi melhor que Max Verstappen, mas no momento da defesa, acabou deixando a desejar.

O titular da McLaren foi quem largou da pole-position em Barcelona. Assim que as luzes se apagaram, entretanto, não conseguiu manter a posição ao ver um ataque do holandês da Red Bull e George Russell, que deixaram o britânico para trás.

O vencedor do GP de Miami de 2024 tentou uma defesa em cima do holandês em um primeiro momento o empurrando para a grama, mas nada feito. Então, após a corrida, onde conseguiu terminar em segundo, afirmou que seu pensamento rápido ajudou a prevenir um desastre para a corrida.

“Meu início, acho, foi melhor do que do Max. A segunda fase, a defesa, não foi tão boa. Se George não estivesse ali, acho que conseguiria manter a briga na curva 1, mas George passou nos dois, então, mesmo se minha largada fosse 1 ou 2 metros melhor, o que acho que era tudo o que poderia ter feito, só a longa descida até a curva 1, o vácuo do Mercedes, tanto em Max quanto em mim, foi mais do que qualquer coisa que eu poderia ter feito”, falou.

“Quase penso que George iria liderar não importa o que fosse, mesmo se minha largada fosse 2 metros melhor. De alguma maneira, é isso o que acontece em Barcelona. George foi muito bem e não pude fazer nada sobre isso. Aceitei”, continuou.

“Tive de aceitar a terceira posição na curva 2 porque se eu freasse 2 metros depois, acho que teria levado todos comido. Eu tomei a melhor decisão em me afastar e deixar George seguir”, completou.