F1: “Acho o automobilismo mais fascinante”, disse Newey sobre proposta para projetar nave espacial

Adrian Newey, o gênio por trás de alguns dos carros mais dominantes na história da Fórmula 1, revelou uma proposta inusitada recebida durante sua carreira: projetar uma espaçonave. O lendário projetista, que coleciona doze títulos de construtores com equipes como Red Bull, Williams e McLaren, falou à revista Top Gear, que foi procurado por uma empresa americana há cerca de dez anos com essa missão espacial.

“Uma empresa americana me ligou, cerca de dez anos atrás, para perguntar se eu estaria interessado em me juntar a eles para trabalhar em uma espaçonave”, disse Newey. “Seria fascinante, e a corrida espacial dos anos 60 deve ter sido incrivelmente estimulante. Mas eu acho o automobilismo mais fascinante. Há um ritmo tremendo de desenvolvimento e envolvimento no automobilismo. Eu gosto disso.”

Apesar do fascínio pela ideia, Newey optou por permanecer na terra firme das pistas: “Eu acho que é perigoso, pois há uma exigência para que eles voltem inteiros!”, encerrou.

Essa revelação de Newey sobre a proposta da espaçonave e suas reflexões sobre o futuro da F1, mostram que o projetista continua inquieto e fascinado pelo mundo da velocidade, tanto na terra quanto, quem sabe um dia, nas estrelas.