F1: Mesmo com mudança na regra de idade, Antonelli não fará sua estreia na Espanha

Andrea Kimi Antonelli não fará sua estreia na Fórmula 1 imediatamente, mesmo após a mudança de regra da FIA que permite pilotos com 17 anos na categoria, mediante um aval especial da federação.

Todas as equipes confirmaram seus pilotos para o GP da Espanha, que acontece neste próximo final de semana. O jovem piloto da academia Mercedes era cotado para um salto precoce para a F1, depois que a FIA flexibilizou as regras para a emissão de superlicenças na semana passada. Anteriormente, ele não podia correr na categoria até completar 18 anos, o que acontece no final de agosto.

A flexibilização do Código Esportivo Internacional pela FIA, permite que sejam concedidas autorizações para pilotos de 17 anos considerados aptos para a categoria. Além disso, o requisito de carteira de habilitação comum foi removido, o que impedia Antonelli de correr na Itália até a maioridade.

Nenhuma equipe indicou ter solicitado a dispensa para Antonelli competir, mas segundo várias informações não confirmadas, teria sido a Williams a autora do pedido, enquanto a Mercedes o considera para a vaga que Lewis Hamilton deixará aberta no próximo ano, com sua mudança para a Ferrari. Antonelli poderia ser colocado em uma equipe cliente da Mercedes antes disso, até para ganhar experiência antes de começar com a equipe alemã.

A Williams é vista como destino provável ainda este ano, já que o piloto Logan Sargeant não tem conseguido bons desempenhos desde sua estreia no ano passado. Sargeant pontuou apenas uma vez em 31 corridas e nunca superou o companheiro de equipe em uma sessão de classificação.

No entanto, a Williams confirmou Alex Albon e Sargeant como pilotos para a corrida na Espanha. A próxima etapa do campeonato, na Áustria, é uma corrida com formato Sprint, o que significa que Antonelli teria apenas uma hora de treino livre antes da sessão de classificação caso estreasse lá, o que não parece muito provável no momento.

Antonelli estreou na Fórmula 2 este ano, após vencer os campeonatos de Fórmula Regional Europa e Oriente Médio na temporada passada. Seu companheiro de equipe na Prema, Oliver Bearman, participará do GP da Espanha, pois assumirá o lugar de Nico Hulkenberg na Haas para o primeiro treino livre.