F1: Mercedes ainda investiga causa do acidente de Russell em Abu Dhabi

Um problema técnico no W14 da Mercedes levou ao acidente de George Russell no último testes da Fórmula 1 de 2023 em Abu Dhabi. O britânico sofreu uma falha em um componente do carro e bateu na barreira de proteção na curva 6, a pouco menos de cinco horas do final do dia de testes.

Russell havia completado 58 voltas, o equivalente a uma distância de GP, antes do acidente. Ele não se machucou e o carro foi levado de volta aos boxes em um caminhão.

Além do problema de Russell, foi um dia relativamente tranquilo de testes da F1. O dia de Theo Pourchaire foi particularmente lento para começar, já que a Alfa Romeo lutou com um problema técnico em seu carro durante a manhã, mas o piloto francês desde então completou cerca de 60 voltas.

Houve um atraso de 25 minutos no início da sessão da manhã, devido ao Helicóptero Médico não aparecer a tempo para o início planejado às 9h. Também houve uma paralisação nos treinos de aproximadamente 24 minutos, devido a um vazamento de água na pista sob a ponte do W Hotel no setor final do circuito.