F1: “Max sempre ultrapassa o limite”, afirmou Norris

Lando Norris não escondeu sua chateação com Max Verstappen após o acidente entre os dois no GP da Áustria de Fórmula 1. Segundo o britânico, a manobra de Verstappen foi desrespeitosa e ultrapassou o limite do aceitável.

“Não acho que preciso mudar nada em minha pilotagem. Eu estava no limite da pista, não sei o que mais poderia fazer. Ele sempre foi um pouco assim. Respeito muito Max, o que ele é capaz de fazer e o que ele demonstra em cada corrida. Mas às vezes acho que ele vai longe demais, e hoje senti que foi um desses casos”, afirmou Norris.

O piloto da McLaren lamentou o prejuízo causado pelo toque. “Foi só um incidente, e essas coisas acontecem. Estou decepcionado. Ele arruinou minha corrida e destruiu meu carro, peças importantíssimas para o campeonato. Não temos muita margem para atualizações com o teto de gastos, e meu carro está destruído e essas são peças que precisaremos na próxima semana, o que nos coloca em desvantagem em Silverstone. Só esperava um pouco mais dele”, desabafou Norris.

Questionado sobre a agressividade de Verstappen, Norris preferiu manter o foco em sua própria pilotagem. “Não quero falar muito sobre isso. Deixo vocês decidirem. Faço o que posso, tento correr de forma limpa e justa. Como eu disse, não foi isso que recebi dele na pista. Mas honestamente, não me importo com a corrida. Não sou eu quem decide as punições. Do meu ponto de vista, o que ele fez foi injusto em três ocasiões. Nenhuma advertência foi dada e ele fez de novo na última volta e acabou com as corridas dos dois”, finalizou Norris.