F1: Marko lamenta ausência de Mateschitz no tri de Verstappen: “Pena não poder testemunhar”

Helmut Marko terminou emocionado a temporada 2023 da F1 e de grande domínio da Red Bull. O consultor lamentou que Dietrich Mateschitz, co-fundador da marca de bebidas energéticas, não pudesse acompanhar o grande ano do time austríaco.

O empresário morreu em outubro do ano passado, pouco após Max Verstappen ter conquistado seu segundo título. Acontece que o falecimento impossibilitou com que o austríaco comemorasse o caneco do Mundial de Construtores, que só veio mais tarde no campeonato.

Dietrich e Marko eram bastante próximos e, portanto, o dirigente até mesmo chorou ao falar do querido colega. “É uma pena, já se passou um ano desde a morte de Mateschitz, que ele não tenha podido testemunhar este triunfo e esta conquista incrível”, falou em entrevista a Sky Sports.

“Conquista tanto da equipe quanto dos nossos pilotos, mas especialmente de Max Verstappen”, completou um emocionado Helmut.