F1: Leclerc largar mais para trás é um alívio para a Red Bull, segundo Marko

Helmut Marko, consultor da Red Bull Racing, afirmou que sua equipe ficou aliviada com a baixa colocação de Charles Leclerc da Ferrari, no grid de largada para o GP do Japão de Fórmula 1. O piloto monegasco vai largar apenas na oitava posição, após sofrer com a falta de ritmo na sessão de classificação.

A Ferrari priorizou melhorar o rendimento em corrida este ano, o que prejudicou a performance nas classificações. Com isso, Leclerc não conseguiu aquecer bem os pneus macios para uma volta rápida, ficando atrás até mesmo do companheiro Carlos Sainz (quarto lugar).

Mesmo com a aparente vantagem da Red Bull, com Max Verstappen e Sergio Perez na pole e segunda colocação, Marko alerta para a ameaça da McLaren e da própria Ferrari.

“Leclerc larga bem atrás, graças a Deus”, disse Marko ao Motorsport-Magazin.com. “Ele foi o mais rápido nos treinos livres, então a corrida será um desafio entre nós, a McLaren e a Ferrari.”

Sainz, no entanto, rebate a ideia de que a Ferrari surpreendeu com o mau desempenho na sessão de classificação. Ele acredita que a Red Bull esconde seu verdadeiro ritmo durante os treinos.

“Eles sempre rodam bem devagar na sexta-feira para despistar. No domingo, estão super rápidos, com certeza escondendo seu jogo nos treinos livres. Talvez estejamos um pouco mais perto, mas não vamos encontrar meio segundo amanhã”, disse Sainz.

Com a dificuldade de ultrapassagens em Suzuka e a turbulência ainda mais intensa em 2024, a largada de Leclerc fora do top 5 é um respiro para a Red Bull.