F1: Jordan prefere Norris e Leclerc a Hamilton e Alonso para brigar com Verstappen

Eddie Jordan, ex-proprietário da equipe Jordan na Fórmula 1 e personalidade marcante do paddock, causou polêmica recentemente ao expressar sua descrença na capacidade de Lewis Hamilton e Fernando Alonso de competirem de igual para igual com Max Verstappen. Em entrevista ao F1-insider.com, Jordan afirmou que aposta em Lando Norris e Charles Leclerc para serem os principais rivais do holandês da Red Bull nos próximos anos.

“Se eu tivesse uma equipe de ponta agora e não conseguisse contratar Max, só haveria uma dupla de pilotos capaz de enfrentar Verstappen: Charles Leclerc e Lando Norris sendo companheiros de equipe”, disse Jordan. Essa afirmação contradiz diretamente o que disse Helmut Marko, consultor da Red Bull, que criticou a falta de consistência de Norris e Leclerc.

Para Jordan, porém, a escolha pela juventude se baseia na falta de confiança na ‘velha guarda’. “Eu simplesmente não confio mais em Lewis Hamilton e Fernando Alonso, campeões merecidos, para acompanhar Verstappen por causa da idade avançada deles”, disse o ex-chefe de equipe.

Hamilton, de 39 anos, renovou seu contrato com a Mercedes até 2025, enquanto Alonso, de 42, segue firme na Aston Martin. Hamilton busca seu oitavo título, enquanto Alonso quer o terceiro, mas Jordan acredita que Verstappen estará em outro patamar nos próximos anos.

A declaração de Jordan gerou debates entre os fãs da Fórmula 1. Para alguns, a idade de Hamilton e Alonso é apenas um número e ambos os pilotos ainda possuem condições de brigar pelo título. Outros concordam com Jordan e ressaltam o talento e a ascensão meteórica de jovens pilotos como Norris e Leclerc.