F1: Horner fala em progresso com o RB20, mas pede cautela antes da apresentação do novo carro

A Red Bull Racing confirmou a tão aguardada data de apresentação do RB20: dia 15 de fevereiro. Na verdade, a equipe irá revelar o visual do carro para a temporada 2024 de Fórmula 1. Mas enquanto os holofotes se voltam para a apresentação, nos bastidores da fábrica de Milton Keynes o trabalho continua duro. Com o RB20 sendo uma evolução do muito bem-sucedido RB19, a expectativa é grande, mas o chefe da equipe, Christian Horner, prefere manter os pés no chão.

Horner garantiu ao PlanetF1.com, que os objetivos estipulados para o período inicial de desenvolvimento foram alcançados. “Não temos muitos testes de pré-temporada hoje em dia, então há muito o que focar e fazer, mas sempre é uma época agitada na fábrica durante o planejamento para a temporada que se aproxima”, afirmou Horner.

O consultor da equipe, Helmut Marko, recentemente desmentiu boatos de que o novo carro não havia passado no teste de colisão obrigatório da FIA (algo que foi afirmado por várias pessoas no paddock da F1). Na mesma linha, Horner foi questionado sobre possíveis obstáculos durante o processo de desenvolvimento. Sem mencionar o teste de colisão, ele disse: “Sempre há desafios ao longo do caminho, mas se você não está no limite, não está se esforçando o suficiente.”

Já o piloto de testes e simulador da equipe, Jake Dennis, expressou otimismo na semana passada, afirmando que acredita que a Red Bull será novamente campeã em 2024. Sua expectativa se baseia no desempenho do RB20 no simulador. No entanto, Horner pediu cautela, lembrando da diferença entre o mundo virtual e a realidade das pistas.

O chefe da equipe espera que o que o simulador prometeu, se confirme no Bahrein. “Esperamos estar progredindo. Mas o cronômetro nunca mente e só saberemos quando chegarmos à pista”, concluiu Horner.