F1: Horner em choque com desempenho da Red Bull: “É realmente estranho”

Max Verstappen terminou o GP da Inglaterra em segundo lugar, apesar de um ritmo decepcionante da Red Bull. Christian Horner elogiou seu piloto e ao trabalho da equipe, que foi decisiva.

Durante a corrida, Verstappen se mostrou preocupado, e ficou atento às estratégias junto ao seu engenheiro, Gianpiero Lambiase, que estava no pitwall acompanhando o desempenho do carro.

“Acho que é a forma como o pitwall e o carro estão trabalhando juntos. Max obviamente está sentindo o que está acontecendo, mas o pitwall tem mais informações do que ele. Então, ele está compartilhando essas informações e tomando as decisões certas na hora certa. E acho que hoje acertamos,” disse Horner.

O ritmo de Verstappen teve várias baixas durante a corrida, e Horner ainda não sabe explicar o motivo. 

“É realmente estranho. Acho que, em um minuto, a McLaren parecia o carro mais rápido na pista, depois foi a Mercedes, e acho que esses pneus são tão sensíveis à temperatura que, em um minuto, você é o carro mais rápido na pista, no próximo, você está em lugar nenhum e tudo se equilibrou à medida que a pista secava, mas foi bastante confuso. Em um ponto, você pode ver agora que também a Mercedes está entrando na briga pelas vitórias”.

Sobre o restante da temporada, Horner acredita que “vai ser apertado o resto do ano. Quero dizer, nas temperaturas mais frias, a Mercedes sempre foi forte e, olha, parabéns ao Lewis por, após três anos, vencer uma grande corrida para ele no Grande Prêmio da Inglaterra.”