F1: Hamilton recebe multa por ter atravessado a pista após acidente com Russell

Lewis Hamilton foi multado em €50.000, sendo metade desse valor suspenso, e recebeu uma reprimenda dos comissários, após atravessar a pista depois de seu acidente no início do GP do Catar de Fórmula 1.

Hamilton tentou ultrapassar seu companheiro de equipe George Russell e o pole position Max Verstappen, utilizando pneus macios mais aderentes em comparação com os pneus médios dos outros dois, no entanto, os dois carros da Mercedes colidiram, e Hamilton teve que abandonar a corrida enquanto Russell continuou e terminou em quarto lugar.

Após deixar seu carro, Hamilton atravessou a pista a pé sob condições de Safety Car, exatamente quando Russell estava saindo dos boxes após reparos.

Isso violou o Artigo 26.7b do Regulamento Esportivo, levando à multa de €50.000, sendo metade dessa quantia suspensa até o final da temporada de 2023, que será aplicada em caso de reincidência.

Além da multa, Hamilton também recebeu uma reprimenda dos comissários, sendo essa foi a sua primeira da temporada. Cada piloto pode receber até quatro reprimendas em uma mesma temporada, antes de perder dez posições no grid na corrida seguinte, caso receba uma quinta reprimenda.

Quanto à colisão em si, os comissários consideraram Hamilton ‘predominantemente culpado’, mas entenderam que o incidente deve ser considerado como um ‘acidente na primeira volta, na curva 1’, e que nenhum piloto é totalmente culpado. Nenhuma ação adicional foi tomada em relação à colisão.