F1: Hamilton comemora vitória especial em Silverstone

Lewis Hamilton finalmente voltou ao topo do pódio em sua corrida em casa, no GP da Inglaterra de Fórmula 1. A vitória, a primeira desde o GP da Arábia Saudita em 2021, foi muito especial para o piloto britânico, que enfrentou um longo período sem nenhum triunfo.

Desde a disputa pelo título contra Max Verstappen em 2021, Hamilton vinha pilotando um carro sem o ritmo necessário para vencer. Até o GP da Inglaterra de 2024, a Mercedes só havia conquistado duas vitórias com George Russell, no GP de São Paulo em 2022 e a da Áustria no final de semana passado.

“Em primeiro lugar, acho que foi muito desafiador. Levou muito tempo, alguém me disse que foram 946 dias desde a última vitória. Foram tempos difíceis, obviamente em 2021. E depois, voltar com um carro que não podia vencer nos últimos anos. Acho que foi mentalmente muito desafiador para todos na equipe”, afirmou Hamilton.

“Saber o quanto todos continuaram trabalhando duro, saber como consegui manter a cabeça no lugar. E então, com tudo o que aconteceu este ano também, com tantas emoções, anunciando minha saída (para a Ferrari em 2025) ao mesmo tempo, começando com um carro que não achávamos que poderíamos vencer e depois finalmente estar em um lugar onde vencemos”, disse Hamilton sobre o motivo da emoção pela vitória.

O piloto britânico também destacou a honra de vencer em casa com a presença do Rei. “É a maior honra estar no topo do pódio e ouvir o hino nacional com o nome do Rei, por exemplo. É a primeira vez que passo por isso”, finalizou o heptacampeão.