F1: Haas reage à dupla pontuação da equipe, “sem palavras”

O GP da Áustria rendeu bons frutos para a Haas, que pontuou com os dois pilotos. Nico Hülkenberg, que largou da 9ª posição, terminou em P6, com a retirada de Lando Norris da corrida. Kevin Magnussen largou um pouco mais embaixo, em P12, e passou a linha de chegada em P8. 

Esse foi o melhor resultado da equipe norte-americana em 2024, colocando o time em 7º lugar na tabela do campeonato, totalizando 19 pontos. O chefe da equipe e os pilotos compartilharam seus sentimentos após a corrida.

 

Nico Hülkenberg

“Foi uma corrida intensa, especialmente no final. Foi difícil manter o Pérez atrás nas últimas duas voltas; ele passou, mas na curva 3 eu o deixei se adiantar, então consegui usar o DRS, o que obviamente me colocou de volta à frente. Estou muito feliz, são pontos duplos para a equipe, o que ajuda muito. Não esperava isso, foi uma performance incrível da equipe, e acho que agora está confirmado que podemos ser competitivos no pelotão intermediário em todos os tipos de pistas, podemos lutar, e isso é realmente ótima notícia.”

 

Kevin Magnussen

“Foi um fim de semana tranquilo – duas sessões de classificação sem tráfego, dois bons pit-stops na corrida, e a estratégia foi perfeita – não poderia pedir mais. Não podemos contar com esse resultado, já que Silverstone é uma pista difícil, mas voltar para o 7º lugar no Campeonato de Construtores me deixa muito feliz por toda a equipe.”

 

Ayao Komatsu – Chefe de Equipe

“Estou muito feliz por todos na equipe. Às vezes temos azar, mas hoje nossa execução foi incrível, Nico e Kevin pilotaram bem, os pit-stops foram bons, tudo foi ótimo. Estou sem palavras, estou muito feliz por todos conseguirem este resultado e por Nico vencer Pérez de forma merecida, isso é um grande feito.”