F1: Haas conquista “pontos valiosos” no GP da Inglaterra

A Haas terminou o GP da Inglaterra com emoções mistas. Nico Hülkenberg, que largou de P6 – sua melhor posição de largada em 2024 –, terminou na mesma colocação, garantindo 8 pontos a mais no campeonato. Kevin Magnussen largou de P17, e, apesar de ter ganhado posições durante a corrida, cruzou a linha de chegada em P12, fora da zona de pontuação. 

O resultado do GP da Inglaterra garante o sétimo lugar no Campeonato de Construtores para a Haas, se posicionando a frente da Alpine, Williams e Sauber. 

Confira as reações dos pilotos e da equipe após a corrida em Silverstone.

 

Nico Hülkenberg

“Estou muito feliz pela equipe, mais oito pontos no placar – super valiosos. Mais importante ainda, a performance está lá com essa atualização e isso me deixa otimista para o restante da temporada. Definitivamente estamos na briga agora pelo título de quinta equipe mais rápida, o que é obviamente positivo e ninguém esperava isso há algumas semanas. É muito encorajador e positivo. Foi uma corrida complicada com a chuva no início, que não foi suficiente para pneus intermediários. Aqui, com curvas de alta velocidade e aderência assim, foi muito arriscado, mas conseguimos manter limpo e recuperamos o que perdemos no início.”

 

Kevin Magnussen

“Acho que fizemos a parada um pouco cedo demais, estávamos meio na faixa do Albon e ele ficou mais uma volta e abriu uma grande diferença. O ritmo não foi tão bom com pneus macios, eu tive graining imediato e simplesmente não tive um bom stint. É ótimo para o Nico marcar oito pontos hoje, foram realmente bons fins de semana para a equipe, e isso é super importante. Eu gostaria de ter contribuído um pouco mais, mas não consegui no final.”

 

Ayao Komatsu – Diretor da Equipe

“Foi um dia excelente. É uma pena que não pudemos marcar pontos com os dois carros, pois se não fosse pelo problema de graining nos pneus macios no último stint, ele teria estado próximo de marcar pontos. No geral, P6 em duas corridas seguidas, o que mais posso pedir. As atualizações funcionaram novamente e o Nico sentiu isso imediatamente na sexta-feira, seu desempenho na classificação no sábado mostrou isso e seu ritmo de corrida hoje também mostrou. O Kevin no carro da especificação antiga estava feliz, mas acho que ele teve danos desde o TL2, então, no geral, esses são resultados dos quais podemos nos orgulhar. Não foi uma corrida fácil, houve condições variáveis e é fácil dizer que só é necessário colocar os pneus certos na hora certa, mas é muito mais difícil de fazer, mas conseguimos. Foi um esforço enorme da equipe, então estou realmente orgulhoso deles.”