F1: FIA avalia possível conflito de interesses entre Toto e Susie Wolff e inicia investigação

A FIA iniciou uma investigação sobre Toto Wolff e sua esposa Susie, em meio a alegações de um possível conflito de interesses. Atualmente, Wolff ocupa o cargo de chefe de equipe e CEO da equipe Mercedes na Fórmula 1, enquanto Susie é a diretora administrativa da série F1 Academy, categoria exclusiva para mulheres.

Preocupações surgiram devido às posições ocupadas por Toto e Susie, levantando questões sobre quais informações podem ser obtidas devido às suas funções em suas respectivas organizações. Acredita-se que a FIA esteja agindo com base em reclamações de outros membros seniores da F1 em relação às atividades do casal, e às informações que ambos podem compartilhar devido ao relacionamento.

Há sugestões de que Wolff tem acesso a informações confidenciais sobre as atividades da Formula One Management (FOM), indisponíveis para outros chefes de equipe rivais, enquanto Susie tem acesso a discussões entre os chefes de equipe da F1, o que poderia ser vantajoso para a FOM.

Uma matéria recente da revista BusinessF1, alegou que Toto Wolff fez um comentário em uma reunião com informações que só poderiam ter vindo da FOM, das quais os outros chefes não tinham conhecimento. Em resposta, o presidente da FIA, Mohammed Ben Sulayem, solicitou ao departamento de conformidade da organização, que iniciasse uma investigação sobre o assunto.

“A FIA está ciente de especulações na imprensa relacionadas à alegação de repasse de informações de natureza confidencial, a um chefe de equipe da F1 por parte de um membro do pessoal da FOM”, afirmou um comunicado da FIA. “O Departamento de Conformidade da FIA já está investigando o assunto”, encerra o comunicado.