F1: Ferrari precisa “encontrar afinação” para o final de semana

Os treinos livres de sexta-feira foram afetados pela chuva nas duas sessões. No TL1, o cronômetro iniciou com a saída do pit lane fechada, e os carros só puderam entrar na pista aos 23 minutos. Ambos os pilotos saíram com pneus intermediários a menos de meia hora do fim, com Leclerc registrando um tempo de 1min27”560 e Sainz, 1min27”485. 

Faltando alguns minutos para o final, os dois pilotos saíram com pneus macios, com Sainz sendo o segundo mais rápido, marcando 1min24”763, enquanto Leclerc foi terceiro com um tempo de 1min25”306. 

No TL2, a equipe aproveitou ao máximo para testar os pneus médios com os dois pilotos. O monegasco estabeleceu um tempo de 1’16”556, ficando em  P4 ao final da sessão, enquanto Carlos foi 13º com 1’17”722. Pouco depois, a chuva aumentou e as duas Ferraris foram para a pista com intermediários. 

Segundo a Scuderia, a previsão para o final de semana permanece incerta, com a equipe tendo “muito trabalho a fazer antes da qualificação de amanhã e para a corrida”.O TL3 será então importante para encontrar a “afinação para permitir aos pilotos dar o seu melhor possível durante a batalha pela pole position”.

“Não havia muito o que aprender hoje, pois as condições eram muito diferentes cada vez que saíamos. Fizemos algumas voltas ao longo do dia, o que foi positivo. Estou ansioso por amanhã e vamos tentar juntar tudo para a qualificação”, colocou Leclerc.

“Uma sexta-feira bem canadense nesta época do ano, com o clima mudando bastante, alternando entre tempo seco e chuvoso. Apesar da pista mudar o tempo todo, conseguimos correr o máximo que pudemos e fazer algumas corridas decentes tanto com os slicks quanto com o composto intermediário. No entanto, não é fácil extrair muitas conclusões das sessões de hoje, por isso precisamos de nos concentrar em nós próprios e estar o mais preparados possível para amanhã”, afirmou Sainz.