F1: Ferrari e RB são as equipes com mais atualizações em Barcelona

Várias equipes da Fórmula 1 estão apostando alto no GP da Espanha, levando pacotes significativos de atualizações para seus carros. Tradicionalmente, Barcelona é considerada uma pista de referência no calendário, e um bom desempenho ali indica um carro competitivo em outros circuitos.

Com sete atualizações para o SF-24, a Ferrari lidera a lista de modificações. Além de uma asa traseira específica para a demanda de média a alta carga aerodinâmica de Barcelona, o time italiano aprimorou o capô do motor, defletores e assoalho do carro, incluindo o difusor e o halo.

“Estamos tentando melhorar o conjunto geral”, disse Charles Leclerc sobre as mudanças. “É assim que a Fórmula 1 funciona, cada equipe busca um pouco mais de downforce e menos arrasto para ter um carro mais veloz.”

A RB também não ficou para trás. A equipe instalou cinco novos componentes em seu carro: capô do motor, entrada dos sidepods, assoalho, asa traseira e asa suplementar (beam wing). O pacote conta ainda com um duto de refrigeração de freios específico para Barcelona.

“Esperamos uma boa melhora”, afirmou Daniel Ricciardo. Seu companheiro de equipe, Yuki Tsunoda, concorda: “A atualização com certeza nos dará um passo adiante.”

Apesar da expectativa de domínio da Red Bull Racing na Espanha, é importante ressaltar que a maioria de suas atualizações são para este circuito em particular. O RB20 ganhou entradas de ar laterais revisadas para lidar com as altas temperaturas espanholas, além de ajustes no capô do motor e assoalho para se adequar a essas mudanças. Já a performance aerodinâmica será otimizada por meio de uma nova asa suplementar e pelas laterais da asa traseira.

“Se você tem um bom carro em Barcelona, normalmente significa que terá um bom carro em Silverstone, Hungria ou Spa”, afirmou Carlos Sainz da Ferrari. “Porém, um bom carro aqui não garante velocidade em Baku”, pondera o piloto espanhol, destacando que a relevância dos upgrades específicos para Barcelona não é tão determinante quanto no passado.

Isso fica evidente pela ausência de pacotes de atualização para Mercedes, McLaren, Alpine e Williams neste fim de semana. As demais equipes também adotaram uma postura mais conservadora. A Aston Martin fez três modificações no AMR24, visando melhorar o fluxo e a carga aerodinâmica. A Sauber introduziu duas atualizações no C44 para aprimorar a eficiência aerodinâmica geral,e a Haas implementou um único upgrade no VF-24, adicionando um defletor na parte traseira do carro para um ligeiro aumento de carga.