F1: Ferrari decepcionada com desempenho no sábado em Montreal

A Ferrari ficou decepcionada com o desempenho abaixo do esperado na sessão de classificação para o GP do Canadá de Fórmula 1, com Charles Leclerc terminando em P11 e Carlos Sainz em P12.

Fred Vasseur, chefe da equipe: “Todos na equipe estão bastante frustrados com a forma como foi a sessão de classificação. Desde o TL3, nos faltava alguma coisa em todo o lado, embora na sexta-feira parecesse que estávamos indo muito bem e o ritmo estava lá, tanto em condições de chuva como de seco. Acho que todos estavam lutando um pouco com os pneus, a tal ponto que até a pole position de George (Russell) foi obtida com um set ruim de pneus, mas tivemos mais dificuldades do que os outros e não conseguimos juntar tudo para fazer os pneus funcionarem no momento certo. Vamos agora analisar tudo com muito cuidado, mas devemos manter o ânimo e lembrar que os pontos são distribuídos no domingo. Quanto à corrida, teremos que esperar para ver o que o clima nos reserva, porque é uma grande incógnita. Lembro que ano passado aqui também começamos lá atrás e conseguimos subir na ordem”, concluiu.

Leclerc: “Temos que rever esta sessão de classificação e o TL3, porque simplesmente não estávamos no nível que precisávamos. A gestão dos pneus terá um papel importante na corrida, por isso temos de nos concentrar nisso e vamos nos esforçar para ganhar posições na corrida. Com condições climáticas mistas, podem surgir algumas oportunidades e devemos estar prontos para aproveitá-las ao máximo”, acrescentou.

Sainz: “Foi um sábado difícil para nós. Tivemos problemas de aderência e não conseguimos fazer os pneus funcionarem corretamente. Na última volta do Q2 tentei de tudo, mas infelizmente não acertei a última curva e foi aí que perdi as chances de avançar para o Q3. Continuo positivo para a corrida e acho que ainda podemos trazer alguns bons pontos para casa. Faremos o nosso melhor”, finalizou o piloto espanhol.