F1: “Estamos atraindo talentos de ponta”, afirmou Stroll sobre chegada de Cardile

A Aston Martin anunciou a contratação de Enrico Cardile como novo diretor técnico de sua equipe de Fórmula 1. O italiano, que recentemente deixou a Ferrari, assumirá o cargo em 2025 na sede da equipe em Silverstone. O dono da Aston Martin, Lawrence Stroll, e o chefe de equipe, Mike Krack, receberam Cardile de braços abertos.

Cardile expressou entusiasmo com o novo desafio. “Estou ansioso para me juntar à Aston Martin Aramco. A ambição e o desejo de sucesso são claros, e é uma oportunidade única fazer parte dessa jornada. Este é um desafio pessoal e profissional, e estou ansioso para trabalhar com a equipe para trazer sucesso a esta marca icônica”, afirmou o italiano.

O proprietário da equipe, Stroll não escondeu sua satisfação com a chegada do renomado engenheiro. “Gostaria de dar as boas-vindas a Enrico na Aston Martin Aramco, à medida que reforçamos a liderança técnica da equipe antes das mudanças significativas no regulamento em 2026. Estou empolgado por continuarmos atraindo talentos de classe mundial para nossa equipe. Enrico compartilha minha motivação para ter sucesso na F1 e terá todos os recursos à sua disposição para realizar essa ambição. Juntamente com a chegada de Andy Cowell como CEO do Grupo em outubro, e nossos líderes atuais, estamos criando uma equipe formidável.”

Krack ecoou as palavras de Stroll. “Estou muito feliz em dar as boas-vindas a Enrico na Aston Martin Aramco. Enrico tem quase vinte anos de experiência na Ferrari e oferecerá uma nova perspectiva para nossa estratégia técnica. Esta é uma contratação fundamental para a equipe à medida que avançamos em direção ao novo regulamento de 2026, um importante passo em nossa jornada”, afirmou o chefe da equipe.

A chegada de Cardile é vista como um passo importante da Aston Martin na busca por se tornar uma equipe competitiva na Fórmula 1. A experiência do engenheiro italiano será importante para o desenvolvimento do carro, principalmente a partir de 2026, quando as novas regras técnicas entrarão em vigor. Juntamente com a contratação de Andy Cowell como CEO do Grupo, a Aston Martin demonstra sua ambição de brigar pelo topo da categoria em um futuro próximo.