F1: É Race Week! Fim de semana de corrida com o GP da Espanha

Com atividades a partir de sexta-feira e corrida principal no domingo, o GP da Espanha marca a décima etapa da temporada 2024 da Fórmula 1, prometendo um fim de semana emocionante. A ação começa na sexta-feira, 21 de junho, com o Treino Livre 1 às 8h30 e o Treino Livre 2 ao meio-dia. Nesse mesmo dia, às 13h, o F1Mania realizará uma live no YouTube direto do Parque Fechado, trazendo análises e expectativas para o fim de semana.

No sábado, 22 de junho, as atividades continuam com o Treino Livre 3 às 7h30, seguido pela sessão de qualificação às 11h, que definirá a ordem de largada para a corrida. Às 12h, o F1Mania volta com outra live no YouTube para discutir os resultados da qualificação e as estratégias das equipes.

O domingo, 23 de junho, será o grande dia da corrida, começando às 10h, horário de Brasília, com 66 voltas de pura adrenalina no Circuito de Barcelona-Catalunha. Logo após a corrida, às 12h, haverá mais uma live no YouTube do F1Mania, onde serão discutidos os destaques e os momentos cruciais da prova.

Além da Fórmula 1, o fim de semana também contará com as categorias Fórmula 2 e Fórmula 3, garantindo uma programação recheada de competições emocionantes para os fãs de automobilismo. Todas as emoções do GP da Espanha de Fórmula 1 você acompanha aqui no F1Mania.net, com cobertura completa e aprofundada das atividades e análises exclusivas em nossas lives.

Como foi o GP da Espanha de 2023?
No Grande Prêmio da Espanha de 2023, Max Verstappen dominou e venceu a corrida, seguido por Lewis Hamilton e George Russell, que completaram o pódio para a Mercedes. Verstappen largou bem e, apesar de uma tentativa inicial de Carlos Sainz de ultrapassá-lo, manteve a liderança durante toda a corrida. Hamilton, que teve uma excelente largada, rapidamente ultrapassou Lando Norris e consolidou sua posição em segundo lugar, enquanto Russell fez uma impressionante corrida de recuperação para garantir o terceiro lugar.

Sergio Pérez, que largou da 11ª posição após uma classificação ruim, conseguiu se recuperar bem e terminou em quarto lugar. Carlos Sainz, da Ferrari, terminou em quinto, seguido por Lance Stroll e Fernando Alonso, ambos da Aston Martin, que ocuparam a sexta e sétima posições, respectivamente. Esteban Ocon, da Alpine, terminou em oitavo, com Zhou Guanyu da Alfa Romeo em nono, e Pierre Gasly, também da Alpine, fechando o top 10.

A corrida foi marcada por várias disputas e estratégias de pit stop. Norris, que teve um início promissor, acabou se envolvendo em um incidente com Hamilton, danificando seu carro e terminando em 17º. Charles Leclerc, que começou dos boxes, teve dificuldades para avançar no pelotão e terminou fora dos pontos em 11º lugar.

Este resultado solidificou ainda mais a liderança de Verstappen no campeonato, enquanto a Mercedes mostrou um significativo progresso ao colocar seus dois carros no pódio.