F1: Coulthard mostra preocupação com domínio da Red Bull: “Tira a magia”

Max Verstappen e Red Bull mostraram um domínio poucas vezes antes vistas na história da F1. E com tamanha superioridade, especialmente na temporada 2023, David Coutlhard foi vocal quanto suas preocupações de como isso pode afetar a atração de novos fãs.

No último ano, o holandês venceu 19 das 22 corridas disputadas, sendo 13 delas consecutivamente. A única prova em que ficou fora do pódio foi o GP de Singapura, quando Carlos Sainz se tornou o único piloto fora da Red Bull a garantir um triunfo.

Não bastando os bons resultados, o tricampeão ainda alcançou inúmeros recordes: maior pontuação em um só campeonato com 575, se tornou o terceiro maior vencedor da história, competidor com mais vitórias seguidas.

Acontece que para o ex-F1, isso também pode ser danoso ao esporte. “A expressão ‘familiaridade gera desprezo’? Se você adaptar isso ao esporte, acontece a mesma coisa”, falou Coulthard em entrevista ao jornal The Telegraph.

“Muito sucesso meio que tira a magia. Com o esporte procuramos nos inspirar, crescer, avançar, e se uma equipe está a fazer tudo isso, então, não dá esperança suficiente a todos”, continuou.