F1: Chefe da Williams vê Albon com “habilidade para ser campeão”

Alexander Albon não deixa de impressionar por seu talento na F1. James Vowles, atual chefe da Williams, apontou que o competidor tem a habilidade necessária para se tornar campeão mundial no futuro.

O anglo-tailandês de 27 anos ingressou no time britânico na temporada de 2022 após passar um ano de escanteio na categoria. O motivo foi a Red Bull tê-lo demitido ao final de 2020 para assinar com Sergio Pérez.

Desde então, Alex tem sido uma peça chave para a Williams e sua busca para tentar recuperar terreno na F1. Enquanto terminou 2022 em 19º com quatro pontos, no ano passado, subiu para 13º, teve duas sétimas colocações como melhores resultados e encerrou o campeonato com 27 tentos.

Portanto, o dirigente não poupou elogios ao piloto. “O Alex que vê hoje é diferente daquele na Red Bull ou do início da temporada. Ainda faltava fé em si mesmo. E agora tem. É feliz, é um líder, tem auto-confiança, trabalha de uma maneira estruturada e dá direções. Tudo parece fácil”, contou ao AmuS.

“Mas o simples é normalmente o mais difícil. Nunca sabe quão bom é um piloto comparado a outro até que se colocam no mesmo carro ao mesmo tempo. Se outro piloto tivesse de pilotar a Williams amanhã, provavelmente iria sofrer”, seguiu.

“Hoje, do que conheço Alex, ele extrai o máximo do carro a qualquer momento. E sempre que o coloca sob pressão, consegue lidar bem. Pode lidar com um carro que é difícil de pilotas. Essa experiência pode ser uma vantagem para ele. Para mim, Alex tem habilidade para se tornar campeão um dia, honestamente acredito”, completou.