F1: Chefe da Red Bull rebate comentários de Hamilton sobre falta de apoio a Pérez: “Ótima relação com equipe”

A Red Bull tem mostrado total apoio a Sergio Pérez nessa reta final de 2023 na F1. Tanto que Christian Horner, chefe da equipe, negou as declarações de Lewis Hamilton de que o mexicano está desamparado em relação ao time austríaco.

O início de campeonato do competidor foi bastante competitivo conseguindo as vitórias na Arábia Saudita e Azerbaijão, além de vencer a Sprint em Baku. Entretanto, após Mônaco, tem sofrido com uma espiral de falta de desempenho que culminou no abandono em frente à torcida de casa no GP do México.

Por conta da forma decepcionante do piloto, rumores têm apontado a saída de Checo para 2024, mesmo com contrato renovado. Além de ligarem Daniel Ricciardo à vaga, boatos também têm colocado Fernando Alonso no lugar do latinoamericano.

No México, então, Hamilton deu sua visão sobre a situação dizendo que “não acho que sua equipe tem dado total apoio a ele. Não diria a equipe porque há muitas pessoas, mas um representante em particular não tem sido bom em ajudá-lo psicologicamente”.

Horner fez questão de responder as declarações do sete vezes campeão. “É muito legal que Lewis tem tanta preocupação e atenção por Pérez quando estava questionando a validação do companheiro de Max [Verstappen] apenas algumas semanas atrás”, pontuou.

“Mas olha, sempre há rumores circulando neste paddock, principalmente quando há muito pouco sobre o que escrever. [Pérez] tem um ótimo relacionamento com a equipe, um relacionamento forte com seu companheiro, e queremos vê-lo terminar em segundo no campeonato, algo que nunca conseguimos antes, fazer uma dobradinha”, concluiu.