F1: Chefe da Mercedes mostra otimismo para próximas etapas: “Pistas que devem deixar o carro feliz”

A Mercedes está otimista com a série de próximas etapas da F1. Toto Wolff, chefe da equipe, apontou que as próximas paradas do calendário 2023 são em circuito que se encaixam melhor com o carro do time alemão.

A escuderia de Brackley levou atualizações para o GP dos Estados Unidos do final de semana. Enquanto George Russell mostrou não ter se adaptado da melhor maneira, Lewis Hamilton conseguiu extrair o máximo e terminou a prova em segundo – posteriormente, uma desclassificação por irregularidade tirou a posição do piloto.

Olhando para os avanços feitos, o dirigente austríaco afirmou que “este é um circuito onde algumas corridas [atrás] não teríamos tido um bom desempenho porque eram aquelas curvas rápidas e extensas onde estávamos infelizes em Suzuka. Estávamos bem aqui. Agora vamos para algumas pistas que devem deixar o carro mais feliz”.

Entretanto, mesmo com a melhora de resultados, Wolff reconheceu que ainda é doloroso para a Mercedes não conseguir vitórias. “É uma corrida perdida e toda a equipe está sofrendo. Em retrospectiva, é uma coisa difícil. Você pode dizer que deveríamos ter coberto Max, mas tínhamos o carro mais rápido naquela fase só não sabíamos, então arrastá-lo para uma parada única era uma coisa válida naquela fase”, falou.

“Mas depois perdemos muito tempo em duas voltas. Foi ali que perdemos a corrida. Estávamos na volta 19 ou 20 e precisávamos estender para 23 para manter a parada única. Sabíamos que precisávamos de mais quatro voltas para uma parada e ele estava 20s atrás de nós, mas então o pneu desgastou e perdemos a vantagem”, completou.