F1: Brundle prevê concorrência mais forte contra a Red Bull em 2024

Outras equipes da F1 podem começar a fechar o gap para a dominante Red Bull, sugere Brundle

Martin Brundle, comentarista da Sky F1, acredita que a história da Fórmula 1 mostra que outras equipes começarão a diminuir a diferença para a campeã de 2023, a Red Bull. Apesar de quase todas as corridas de 2023 terem sido vencidas pelo RB19, Brundle está esperançoso de que a temporada de 2024 seja mais disputada.

De acordo com Brundle, a F1 tem um histórico de equipes se dispersando e se agrupando, e ele está confiante de que isso acontecerá nos próximos anos. Ele abordou a questão durante um Q&A da Sky F1, onde discutiu as perspectivas para 2024.

Brundle destacou que a dominância da Red Bull em 2023 permitiu à equipe começar a trabalhar no carro de 2024 durante as férias de verão. No entanto, ele questionou quanto mais a equipe poderia melhorar, dada a maturidade do conjunto de regras. “Lei dos retornos decrescentes, se o seu carro está funcionando realmente bem, você tem menos potencial de melhoria, é claro”, disse Brundle.

Apesar disso, Brundle mencionou que há espaço para melhorias na Red Bull, mas também sublinhou que outras equipes devem copiar, alcançar e inovar. Ele citou o exemplo de equipes como Williams e Haas, que conseguiram entrar no top dez em classificações.

Quanto aos desafiantes da Red Bull em 2024, Brundle sugeriu que a McLaren seria uma concorrente, mas expressou o desejo de que houvesse mais de uma equipe no topo. Ele elogiou a McLaren por entender seu carro e por cada atualização ter realmente impulsionado o desempenho, o que sugere que os dados da equipe estão alinhados com o desempenho na pista.

Brundle concluiu expressando esperança de que não apenas a McLaren, mas também Ferrari, Aston Martin, Mercedes e outras equipes fechem o gap com a Red Bull. “Então, dedos cruzados para que a McLaren e todas as outras equipes possam fazer isso”, disse ele.