F1: Alpine terá atualizações para o GP do Japão

A Alpine vai levar as primeiras atualizações para o A524, carro que ainda não pontuou na temporada, para o GP do Japão de Fórmula 1, que acontece neste próximo final de semana.

Principalmente, essas mudanças visam reduzir o peso do carro, mas além disso, a equipe também terá refinamentos aerodinâmicos. O chefe de equipe, Bruno Famin, afirmou que está tudo dentro do cronograma para fazer as primeiras atualizações no A524 na corrida no Japão.

“Embora não sejam grandes mudanças, é importante para nós adicionarmos esses elementos o mais rápido possível, para que possamos avaliar o potencial e continuamente melhorar nossa compreensão do carro”, disse Famin. “Essas atualizações dizem respeito principalmente a uma nova asa dianteira, bem como ao primeiro passo na redução de peso.”

A Alpine teve uma leve melhora no desempenho no GP da Austrália, onde Esteban Ocon se tornou o primeiro piloto da equipe a chegar ao Q2 este ano. “Conseguimos brigar mais perto dos pontos do que nas etapas anteriores. Dito isso, provavelmente se deveu mais às circunstâncias e especificidades da pista, do que a uma melhoria real no desempenho. E ainda estamos longe do nosso objetivo”, acrescentou Famin.

Também foi confirmado que a equipe mudará para sua pintura predominantemente azul a partir do GP do Japão, já que utilizou o esquema alternativo rosa nas primeiras corridas. No entanto, ambas as versões usam significativamente menos tinta do que no ano passado, a fim de reduzir o peso.

Ocon terminou a corrida na Austrália em 16º, três posições atrás do companheiro de equipe, Pierre Gasly, mas foi forçado a fazer um pit stop extra para remover detritos que estavam no duto de freio traseiro.

“Houve sinais promissores com o carro mostrando melhor desempenho ao longo de todo o fim de semana e estando mais perto das equipes ao nosso redor”, disse Ocon. “Mas pareceu uma oportunidade perdida, pois sem o pit stop extra para retirar o detritos do duto do freio traseiro, poderíamos estar na briga pelos pontos”, encerrou o piloto francês.