F1: Alguns números históricos foram estabelecidos no GP do Canadá

O GP do Canadá de Fórmula 1 em 2024 foi uma corrida emocionante, inclusive sendo disputada sob chuva em alguns momentos. Max Verstappen conquistou a vitória mesmo com a Red Bull aparentemente não tendo o carro mais veloz. A corrida também marcou a recuperação da Mercedes, se juntando à McLaren e Ferrari nas disputas. Confira os recordes quebrados no GP do Canadá.

Verstappen, quebrou um antigo recorde de Michael Schumacher em solo canadense, ao vencer o GP. O holandês agora soma oito circuitos diferentes onde venceu três ou mais corridas. Verstappen já subiu no degrau mais alto do pódio pelo menos três vezes em Zandvoort, Cidade do México, Spa-Francorchamps, Austin, Yas Marina, Suzuka, Ímola e agora Montreal. Schumacher detinha o recorde com sete circuitos.

Outro fato interessante, apesar de não ser um recorde oficial, é que Verstappen não perde duas corridas consecutivas há mais de 700 dias. A última vez que isso aconteceu foi no GP da Inglaterra em 2022, seguido pelo GP da Áustria.

Mais um número que foi alterado. A equipe McLaren encerrou um jejum de dez anos sem pontuar no GP do Canadá e marcou expressivos 28 pontos.

Para a alegria dos organizadores, o GP do Canadá atraiu um público americano recorde, segundo a ESPN. No pico de audiência, cerca de 1,76 milhão de espectadores assistiram à corrida nos EUA, tornando-se a edição mais vista do GP do Canadá pelos norte-americanos.