F1: Alfa Romeo encerra participação na categoria após fracasso de possível acordo com a Haas

Como já se sabia há algum tempo, a Alfa Romeo não vai renovar seu patrocínio na Fórmula 1 após o término da parceria com a Sauber, que se encerrou com o final da temporada 2023. As negociações entre a montadora italiana e a Haas, que era vista como possível parceira para a próxima temporada, não avançaram e chegaram a um impasse nos últimos meses.

A principal divergência entre as partes está no valor do patrocínio. A Alfa Romeo buscava um acordo semelhante ao que tinha com a Sauber, com um valor relativamente baixo, mas a Haas, diante do atual ‘boom’ da Fórmula 1, exige um retorno financeiro maior.

No início de 2023, a Alfa Romeo havia sinalizado que gostaria de ter mais clareza sobre seu futuro no esporte a motor muito em breve, mas após o GP de Abu Dhabi, que encerrou a temporada, ainda não há notícias oficiais sobre o retorno da marca para a F1.

Com o fracasso das negociações com a Haas, a Alfa Romeo deve se concentrar em outras categorias do automobilismo nos próximos meses, talvez focando no Campeonato Mundial de Endurance (WEC) como patrocinadora. No entanto, a Stellantis, empresa-mãe da Alfa Romeo, já está presente na série com a Peugeot.